Apartamento com cara de casa

FOTO: THOMAS BACCARO

O que poderia proporcionar ao ambientes de um apartamento a ter uma atmosfera com cara de casa?

Geralmente descrevemos aqui uma cena apenas, analisando-a como um quadro e desvendando seus segredos. Neste post não resistimos e vamos ver o que há atrás de duas cenas de um apartamento com cara de casa.

Este apartamento em especial tem projeto de interiores por Claudia Sátyro Maia (eu), portanto as cenas serão exploradas por quem as fizeram (risos) e por ter os ambientes integrados ficou difícil separá-los em cenas diferentes.

Mas vamos ao que interessa? Cenas: Sala de jantar e de estar integrados.

Vamos por partes?!

CORES E MATERIAIS

As cores que definem as cenas estão basicamente nos materiais, móveis , peças e quadros (fotografias). Com excessão da cor cinza grafite das paredes que faz o pano de fundo na cozinha. A luminosidade natural do apartamento, aliás um dos motivos pelos quais faz este apartamento ter cara de casa, permitiu usar um tom mais escuro sem escurecer os ambientes, uma das premissas dos donos da ‘casa’, luz.

A madeira da mesa antiga aliada ao painel de madeira e a estante sob escada dão a pincelada quente ao apartamento e juntos favorecem e são um dos artifícios para proporcionar ao apartamento ter cara de casa . Vocês podem pensar: ah, mas isto é bem comum, usar madeira.

Eu digo que sim, que tem razão, mas vamos ver com detalhes a maneira como foi usada a madeira.

apartamento com cara de casa

Foto : Thomas Baccaro

apartamento com cara de casa

Foto: Thomas Baccaro l Peças de cerâmica: Dpot Objetos

A mesa de madeira é antiga, e ela tem marcas do seu tempo, do seu uso e os proprietários ja a tinham, ou seja, ela traz uma historia e uma identidade para o apartamento com cara de casa. Alem dela a madeira nogueira da estante foi escolhida não para ser igual mas sim fazer um contraponto e ao mesmo tempo fazer parte da sala de jantar.

Ja   o painel de madeira tipo mosaico aplicado em uma coluna, alias ótima ideia para assumir uma estrutura, ele ja pertencia ao apartamento e o mantivemos pois de certa forma ele passou a sensação de que fazia parte co cenário, assim quando encontramos em uma casa um mosaico de azulejaria ou cobogós originais da arquitetura.

OU seja, nao necessariamente se faz necessário tirar tudo de um lugar para transforma-lo e deixa-lo com os novos donos, so precisamos gostar, alias saber que gostamos.

E para deixar a madeira como protagonista o piso é um porcelanato cinza fosco claro com aparência de cimento.

Confesso aqui que tenho uma certa resistencia aos materiais que fingem ser outros, mas a industria esta cada vez mais tentando minimizar a falsa apararencia e achamos sim produtos que chegam a um excelente visual alem claro da sua durabilidade e praticidade para usar/aplicar como o piso da imagem abaixo da Eliane – Munari Cimento.

apartamento com cara de casa

Paleta de cores e materias

AH! nao posso deixar de falar da cor verde. O verde e o tom da madeira foram as peças para desenvolver todo o conceito do projeto, o verde em especial, pois ele foi usado , vamos dizer assim, em pontos estratégicos , para criar um foco, no tecido do sofá e no revestimento sobre a bancada da cozinha.

Podem perguntar: mas e o paisagismo? O paisagismo possui uma forte presença, mas ele não foi usado para prender o olhar e sim para naturalmente, risos, fazer parte da atmosfera leve da casa. 🙂

MÓVEIS

Uma mesa de muito charme antiga, cadeiras “modernas” da Herman Miller com desenho da década de 50, um sofá de veludo verde, uma poltrona leve e mesinhas de apoio. Poucos itens, na medida. Móveis de diferentes épocas, outro item que dá aos ambientes uma caraterística , posso dizer, mais viva. Já a estante foi  desenhada para aproveitar melhor o vão livre sob a escada, ser apoio para um bar e guardar pratos, copos e , não posso esquecer , memórias.

Atenção para os lordes da casa, Francisco e Tapioca, os nichos da estante foram dedicados para acolher suas dormidas.

Algumas sugestão de sofás e cadeiras com a mesma leitura dos usados nas cenas do apartamento com cara de casa.

apartamento com cara de casa

Foto: Thomas Baccaro l Estante: desenho Claudia Sátyro Maia l Fotografias : Feco Hambúrguer – Janaina Torres Galeriana

apartamento com cara de casa

Foto: Thomas Baccaro l Gravura : Hercules Barsotti – Janaina Torres Galeriana

ARTE E OBJETOS

A estante desenhada especialmente para o apartamento com cara de casa além de aproveitar muito o espaço do vão da escada ela ainda é uma colecionadora de memórias , de objetos com design, fotografias e gravuras.

Percebam que objetos de uso ( copos e bebidas) convivem e vivem em plena harmonia com peças de design ( Relógio da Vitra e vaso da Dpot Objetos) e ainda brincam com as fotografias de Feco Hamburguer, Janaina Torres Galeria.

Além da estante , a foto de Jordi Burch, Janaina Torres Galeria, sobre o sofá foi encontrada depois de tudo pronto. Neste caso aqui quem veio primeiro foi todo o conceito do projeto oriundo de outras referências, como a bagagem de vida dos proprietários , a madeira da mesa e até os cachorros. Perceberam a cor do Francisco (cachorro)? Ele tem o pelo amendoado e não só parece nas fotos, ele é um dos grandes protagonistas das casa.

Perceberam o quão é importante ter uma historia contada através dos itens que compõem os ambientes para que se atinja o maior principio de projeto: um apartamento com cara de casa.

apartamento com cara de casa

1.Vaso de vidro : Dpot Objetos l 2. Peças de cerâmica: Dpot Objetos l 3. Garrafa de vidro: acervo pessoal

apartamento com cara de casa

Fotografia : Thomas Baccaro l Sobre o sofá – fotografia Jordi Burch – Janaina Torres Galeria

Nao é fácil saber exatamente do que se gosta, muitas vezes a mídia nos influencia com o que chamam de “tendência” na decoração de interiores. Acredito na tendência do desenvolvimento de novos produtos, do seu uso em termos de inovação tecnológica e até mesmo em uma tendência de mudança de comportamento das pessoas. Apenas explico sempre que deve-se ter muito cuidado em uma certa moda nesta área ditada e firmada nas publicações digitais ou via revistas, mostras, etc.

Para ter como neste post, um apartamento com cara de casa, é essencial que busquem e identifiquem-se com as coisas que possam falar um pouco de si, há uma gama enorme de produtos  e referências e não saber o que fazer com tudo isto é muito normal.

Sendo assim, estamos aqui para te ajudar, mandem uma referência que gostaram, pode ser foto de um produto, e podemos te ajudar a usá-lo da melhor maneira! Combinado?

Ah, e a cozinha da casa? Em um futuro post, com certeza será a cena da vez. 😉

Até o próximo post!

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>