Bar du Marché

Bar du Marché

Escolhi o Bar du Marché para o Casos à Parte primeiro, por ele ter um cenário bem particular e elementos que caracterizam tão bem os bares tipicamente parisienses, onde as pessoas podem parar apenas para um cafe, fazer uma refeição breve, beber um apéro ou ficar horas conversando e ouvindo jazz à noite e segundo, por ser um dos meus cafés favoritos em Paris para ter devaneios e ficar vendo os parisienses e a vida passar…

Na minha opinião,  a arquitetura , a música, a culinária, o tipo de bebida e as pessoas formam o todo e despertam várias sensações em quem está no ambiente, nem que seja por poucos minutos.

Agora parando para pensar, o que, além disto, em bares como este, proporciona tanto acolhimento, a sensação de intimidade e a boa relação entre as pessoas? O que nos faz sentir aconchego e interagir facilmente com quem nem conhecemos?

Este café/bar fica  no  bairro boêmio e charmoso de St Germain Deprés, numas das esquinas, na minha opiniao, mais charmosas do bairro apesar de bastante turística, Rue de Buci com Rue de Seine. Ele ja foi mencionado no post  Casos a Parte – Lojas de Tecido como uma última parada do passeio e agora o trago para desvendarmos: O que há Atras da Cena do Bar du Marché?

CORES

As cores manifestam diferentes sensações no ser humano e o vermelho entra na categoria das cores quentes , as quais são dinâmicas e estimulantes, estão ligadas à vitalidade, excitação, alegria, movimento!

No Bar du Marché a cor predominante na sua arquitetura  é basicamente o vermelho com variações para o alaranjado e “pinceladas” de branco. Esta paleta de  cores se encontram na cadeiras, mesas, nos mosaicos da coluna , toldos e neon da fachada .

Portanto,  o lugar não poderia ser muito diferente, sua atmosfera tem uma energia que proporciona exatamente a vontade de interagir não só com as pessoas que sentam tao pertinho de você e entorno, mas com o barman, com os garçons simpáticos e música, sim lá toca um bom jazz à noite e você pode conferir a playlist no computador deles.

MATERIAIS

 

Os materiais são simples, o piso é em mosaico e a madeira está presente no balcão do bar, nas banquetas das mesas altas dentro do bar e nos barris que servem de apoio para os garçons .

A parede de fundo é toda revestida com espelho o que dá amplitude ao ambiente tão pequeno, mas que incrivelmente parece enorme !

MÓVEIS E OBJETOS

SOFÁS / MESAS/ CADEIRAS

Os sofás são todos vermelhos, cor predominante do bar, com listras largas brancas, as mesas são quadradas em madeira, o facilita o agrupamento, e as cadeiras são estofadas com couro sintético na na vermelha. E claro, nao poderiam faltar as tradicionais mesas e  cadeiras dos bistrôs, cafés e bares franceses na calcada.

O interessante é que normalmente se pensaria…”vermelho demais!”, mas não neste bar, o motivo acredito é que há em volta objetos, postes de artistas franceses, menus e pinturas ( atenção para a pintura de uma pequena parede lateral) que desvia um pouco a atenção e tudo é meio bagunçado e ao mesmo tempo esta tudo no local certo.E claro, nao poderia faltar as tradicionais mesas e  cadeiras dos bistros e bares franceses na calcada

OBJETOS

Posters que remetem à hábitos e artistas franceses colados no espelho, globo espelhado (!), a figura (personagem) do bar pintada na parede e, uma das estrelas do bar, o charmoso toldo listrado de vermelho e branco que junto com o neon e mosaico da coluna da fachada dão “personalidade” ao lugar.

ILUMINAÇÃO

PENDENTES

A iluminação artificial vem de pendentes que são um conjunto de globos de vidro, com certas características artdeco , que praticamente sozinhos fazem toda a luz do bar, dando-lhe uma luz âmbar. Pela manhã com a incidência do sol sobre o toldo vermelho e branco , dentro do bar tudo fica claro e meio alaranjado.

Cafés e bares  com uma atmosfera despretensiosa e ao mesmo tempo charmosa e cheia de elementos que reproduzem a cultura e características do local, que contam quase sem querer sua historia, nos fazem pensar que a arquitetura, o entorno, os sons, cheiros e objetos fazem os espaços únicos, com sua identidade própria, assim como nós.

As fotos deste post não são profissionais, pois a intenção foi mostrar através do meu olhar as minhas impressões e sensações ao visitar e ficar no local.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>