Inspiração – uma cena e um restaurante

Inspiração – uma cena e um restaurante. Imagino que devem estar querendo entender onde quero chegar com este título e a imagem em destaque.

Vou contar para vocês. Eu gosto muito de quando saio por ai de capturar imagens cuja cena me atrai por algum motivo. Na maioria das vezes é um detalhe arquitetônico,uma paleta de cores ou a harmonia de um conjunto que me pegou de tal forma que não teve como não registrá-lo.

Continua >>

Mais do que arquitetas: Lina Bo Bardi

Este é o primeiro de uma série de 3 posts falando sobre arquitetas/designers que se destacaram e tiveram grande influência no desenvolvimento da arquitetura de interiores, mas principalmente do mobiliário e uso das artes visuais dentro dos cenários quer sejam projetados por elas, quer sejam para o mercado de móveis, elas foram muito mais do que arquitetas. Vamos a primeira?!

Continua >>

Cores na Bedford Ave, Brooklyn , NY

bedford ave brooklyn ny

Neste Casos à Parte trago um exercício que geralmente arquitetos e profissionais de design de interiores fazem ao iniciar um projeto.

Geralmente procuramos uma inspiração, pode ser uma paisagem, uma fotografia, uma peça de arte ou qualquer outra coisa que nos inspire quer seja quanto as suas formas quer seja quanto a sua paleta de cores para começarmos a definir o conceito, a cara que o projeto vai ter. Porem isto não é uma regra, muitas vezes como vai ser o caso deste post os detalhes capturados em um passeio pelo Brooklyn , NY, mais especificamente pela Bedford Ave me remeteu `a estilos e ambientes de interiores e até mesmo `a arte, ou seja, o sentido inverso do processo usual de conceituação de projeto.

Continua >>

Bar du Marché

Bar du Marché

Escolhi o Bar du Marché para o Casos à Parte , primeiro por ele ter um cenário bem particular e ter elementos que caracterizam tão bem os bares tipicamente parisienses, onde as pessoas podem parar apenas para um cafe, fazer uma refeição breve, beber um “apéro” ou ficar horas conversando e ouvindo jazz à noite e segundo, por ser um dos meus cafés favoritos em Paris para ter devaneios e ficar vendo os parisienses e a vida passar…

Continua >>

Atemporal

cerâmica esmaltada

O metrô de Nova York foi inaugurado em 1904 com as paredes revestidas em cerâmica retangular esmaltada e trabalhadas pelos artistas George C. Heins and Christopher Grant LaFarge.

Em Paris ela era usada nos bistrôs e cafés, onde mostram o seu charme até hoje. Se quiser ver de perto vá por exemplo ao Aux Lyonnais (32, rue Saint-Marc)e fique de olho em cada bistrô que você entrar, alguns permanecem autênticos. Mas este será um tópico que trarei depois…

Continua >>