Bar du Marché

Bar du Marché

Escolhi o Bar du Marché para o Casos à Parte , primeiro por ele ter um cenário bem particular e ter elementos que caracterizam tão bem os bares tipicamente parisienses, onde as pessoas podem parar apenas para um cafe, fazer uma refeição breve, beber um “apéro” ou ficar horas conversando e ouvindo jazz à noite e segundo, por ser um dos meus cafés favoritos em Paris para ter devaneios e ficar vendo os parisienses e a vida passar…

Continua >>

Versatilidade

Versatilidade e amplitude, possibilidade de várias cenas no mesmo lugar, um ambiente com a possibilidade de vários usos. Pode-se obter isto de várias maneiras, de forma organizada e proporcionando conforto . Algumas maneiras: abrir os vãos, eliminando as paredes, usar moveis com modulaçao e design de facil troca de lugar e combinaçao, cores neutras e pouca variedade de acabamentos.

Continua >>

Atemporal

cerâmica esmaltada

O metrô de Nova York foi inaugurado em 1904 com as paredes revestidas em cerâmica retangular esmaltada e trabalhadas pelos artistas George C. Heins and Christopher Grant LaFarge.

Em Paris ela era usada nos bistrôs e cafés, onde mostram o seu charme até hoje. Se quiser ver de perto vá por exemplo ao Aux Lyonnais (32, rue Saint-Marc)e fique de olho em cada bistrô que você entrar, alguns permanecem autênticos. Mas este será um tópico que trarei depois…

Continua >>

Casual

cozinha aberta

Abrir os ambientes, torná-los com menos paredes, usá-los não só com uma finalidade, estes itens reunidos fazem com que os espaços cresçam e sejam usados melhor por todos.

Esta cena, cozinha aberta com mesa para refeição permite que quem está cozinhando participe da conversa à mesa e vice versa. Sei que não é nenhuma novidade esta solução, mas quero que percebam os detalhes que deram a esta já conhecida solução um ar mais, vamos dizer, social mas sem excesso, ou seja, “na medida”.

Continua >>