Paredes coloridas – banheiro

Eu sei que talvez não seja fácil brincar e usar as cores em casa, mas será que ter paredes coloridas é tao difícil assim? Eu acredito ate que é mais uma falta de habito de tê-las do que realmente de usá-las.

Resolvi então começar a mostrar aqui ambientes com paredes coloridas de forma que ajudem a vocês a ousar um pouco mais e experimentar a ter mais cor em casa.

Há um tempo que não escrevia sobre banheiros. Na verdade este ambiente só apareceu aqui no blog até agora uma vez no post Atemporal que e sobre o revestimento dos antigos metrôs.

Portanto começo com este banheiro que foi projetado para, acreditem ou não, para o salão de cabeleireiro , Salon Odes,Odessa, Ucrânia, pelo arquiteto Young Kiev e designers Evgeniy Bulatnikov e Emil Dervish. O tom de verde retrô faz parte da composição do design do ambiente do salão que usa além da cor, elementos de design que possuem a mesma característica. Vocês podem conferir um pouco mais pelo site Cool Hunter .

CORES

O branco faz toda a base do ambiente. Ele está no piso, na cerâmica que reveste meia parede e nas louças sanitárias, enquanto o preto dá pequenos toques nos metais: torneira, moldura do espelho e no caixilho (pode ser uma porta de armário ou simplesmente o arquiteto quis fazer um charme) que possui espelhos entre as molduras dando o toque de contemporaneidade e também de amplitude.

Já a cor verde, meio tom de oliva, reveste todas as paredes à meia altura. A cor foi fundamental para de certa forma dar um charme a mais, além disso paredes coloridas proporcionam para quem entra uma surpresa.

Tons de verde Sherwin Willians: 1. Evergreens SW647 l 2. Isle of Pines  SW 6469

MATERIAIS

PISO

O piso granilite é um piso que foi muito usado no Brasil na década de 70 e cujas características são a variedade dos materiais de sua composição e o processo artesanal de sua instalação que demanda um pouco mais de tempo do que os pisos prontos (cerâmicas, porcelanatos, etc). O seu efeito, porém, é incrivelmente, vamos dizer, personalizado pois apesar de existirem os padrões de cores e efeitos (com gramatura do material maior ou menor) eles nunca ficarão 100/% igual a amostra, pois depende muito do contrapiso executado para recebê-lo. A variação pode ser pequena, bem pequena, mas existe.

A sua aplicação deve ser feita com uma base adequada e com as juntas de dilatação bem distribuídas, além de uma mão de obra bem capacitada, com equipamentos de primeira mão para aplicação, adensamento e acabamento final.

Para terem uma ideia destas opções de gramatura e tonalidade seguem algumas amostras de granilite na cor branca:

1. Granilite Polido #1019 l 2. Granilite Polido #0101 l 3. Granilite Polido #0027 – Casa Franceza

MEIA PAREDE E BANCADA

A mesma serâmica que foi aplicada nas paredes foi usada para revestir a bancada que possui uma cuba de apoio.

Dois detalhes para se notar, percebam que a caixa do acionamento da descarga foi instalada exatamente usando a altura das peças do revestimento e a altura do perfil horizontal metálico da moldura do espelho ao fundo, fica na mesma altura onde acaba o revestimento cerâmico.

São estes pequenos detalhes que no final, na leitura do ambiente como um todo, fazem muita diferença. Pode parecer apenas um capricho para alguns mas sem dúvida a somatória destes detalhes favorecem para a harmonia visual do espaço.

  1. Cerâmica Quarter Branco – Portinari l 2. Cerâmica Slim Fendi – Eliane l 3. Cerâmica Nerve – Portobello

METAIS E LOUÇA

TORNEIRA

O arquiteto optou por dar um destaque a mais aos metais e escolheu a cor preta. Diante da simplicidade dos acabamentos e desenho do banheiro a ideia de usar os metais nesta cor agregou mais um item aquela lista dos detalhes que fazem a diferença no final.

CUBA

Para um ambiente comercial gosto bastante do uso das cubas de apoio como a da foto, pois seu uso se restringe quase que 100% a um simples lavar de maos. No mercado existem varias opções como esta, separei algumas abaixo como opções.

 

Também separei algumas opções :

 1. TorneiraUnic – Deca l 2. Torneira Single Hole – Kingston Brass l 3. Torneira DN15 – Docol

1. Cuba Linha Bowl – Vallvé l 2. Cuba Exclusive – Gaam l 3. Cuba apoio cilíndrica – Deca

ESPELHO E LUMINÁRIA

Para finalizar de desvendar a cena, interessante perceber a casualidade do espelho redondo pendurado e da luminária sob ele.

  1. Espelho EB-05 – Casual l 2. Espelho – Loja Théo l 3. Espelho Suspenso – ShopDesign

Apesar deste banheiro ter sido projetado para um salão de cabelereiros ele poderia perfeitamente ser em uma residência. Dá até para imaginar que onde estão os espelhos encaixilhados, poderia ser a porta do box, por exemplo.

Mas a ideia foi mostrar que paredes coloridas não necessariamente precisam ser “chocantes” (risos) e que um ambiente pode ter todas as paredes pintadas com um tom mais forte, mesmo que seja pequeno e que seja um banheiro.

Se escolherem cores mais fortes porém um pouco mais esmaecidas como o tom de ver deste banheiro fica mais fácil de o ambiente não ficar com uma vibração tão grande ao ponto de ninguém querer ficar nele.

Experimentem, façam um teste antes de comprar toda a tinta necessária, as cores mudam muito de acordo com a iluminação de cada lugar e se quiserem alguma sugestão , me pergunte aqui, terei o maior prazer em ajudar! 😉

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>