Sobre

claudia

FOTO: BETO RIGINIK

Talvez eu deva começar contando como a ideia do blog Atrás da Cena surgiu. Acreditem ou não, tudo começou em um jantar com amigos que naquela noite insistiam em dizer que os conceitos, conhecimentos, as referencias, as observações, as ideias que eu tenho e gosto enquanto arquiteta não deveriam se restringir apenas aos projetos dos clientes, que eles deveriam ser mostrados a mais pessoas, ir mais longe e se espalhar por ai neste mundo infinito da web.
A partir de então, comecei a pensar de que maneira poderia explanar isto tudo, como profissional, mas também como admiradora e observadora da arquitetura de interiores.

Mas para que me conheçam um pouco mais: Me formei em Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal da Paraíba  e fiz uma especialização em Gerenciamento de Projetos em Berkeley, California/USA , o que me deu a grande oportunidade de trabalhar no escritório de arquitetura SOM ( Skidmore Owings and Merry) em São Francisco . Meu caminho foi depois  dai por diante se direcionando para Sao Paulo, cidade que escolhi para morar,  onde estou  há aproximadamente onze anos, na verdade é um grande caso de amor (risos), onde já trabalhei com design de interiores residencial e atualmente sou diretora de projetos de interiores  para espaços corporativos de um conceituado escritório de arquitetura.

Durante todos estes anos, entre tantas conversas e experiência com  clientes, amigos e publico em geral , quantas vezes ouvi as pessoas dizerem ao se depararem com uma fotografia de um ambiente: “gostaria que a minha casa fosse assim…”.
Os ambientes, assim como nós, são únicos, mas o que os fazem deixá-los de tal maneira que nos atraem tanto? Ou como fazer o espaço que tenho se tornar um lugar que dê prazer de ficar, tenha as suas peculiaridades e características. Quais as cores, os materiais, as formas, o tipo de luz e proporções unidas capazes de construírem um ambiente prazeroso de ver e aproveitar tudo que ele oferece? Seja ele grande, pequeno, com muita ou pouca luz… Afinal uma casa/ambiente tem sua própria identidade e não se forma de uma hora para outra e nem se encontra pronta.
Sendo assim, resolvi coletar imagens dos ambientes que, na minha opinião, proporcionam espaços que sabem como explorar e harmonizar os materiais, móveis, objetos, arte , estudando-os e passando o que há Atrás da Cena: por que este ambiente nos atrai o olhar, por que ele nos chama atenção, desperta?
A ideia não é copiá-los, mas interpreta-los.
Portanto convido a todos a descobrir comigo as singularidades destes ambientes e quem sabe eu posso ajudar a transformar o seu!
Bem vindos e divirtam-se!

Cláudia Sátyro Maia